sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Dorme, dorme, dorme...



"Ah, esse cara tem me consumido..." Não! "De tudo que é nego torto Do mangue do cais do porto Ela já foi namorada..." Nem pensar! "Quando nasci veio um anjo safado, Um chato dum querubim, Que decretou que eu tava predestinado A ser todo ruim" Xô, mau agouro! "Hoje sou folha morta Que a corrente transporta, Ó, Deus, como sou infeliz..." Cruzes! Definitivamente, minha seleção de canções não era, naquele momento, a melhor indicação para cantar para a Filha dormir... Depois de Caetano, Chico e Ari, até tentei lembrar o 'score' infantil do Vinícius, especialmente as delícias musicais de A Arca de Noé, mas só A Foca se figurava na mente, vindo a reboque, e a contra-gosto, peças bem menos pueris como "O meu vizinho do lado se matou de solidão..."!

– Que músicas são essas?! Não tem nada mais "ameno", não?
– Pior que não... E se eu tentasse improvisar alguma coisa com o nome dela...? "A Fi-lhi-nha vaaai dor-mir, vai co-chi-laaar"...
– Parece que ela não está gostando, Papai...! Não, não chora, Filha...

É como aquela piada que te pedem para contar e, simplesmente, surge um branco na mente, vindo à tona outros causos que nada têm a ver com o que se iria narrar! Logo eu, que sempre gostei de cantar (de forma amadora, diga-se) e que conheço um sem número de canções, de Jazz à Bossa Nova, de Sambas a canções pop dos anos 80, simplesmente me encontrava ali travado, com minha menininha me encarando, esperando a próxima e fazendo biquinho, grunhindo baixinho (é assim que ela fica quando o soninho está para alcançá-la, numa espécie de "cantiga" – sem esquecer as irritações com os olhinhos e com uma "pulguinha" imaginária que parece incomodá-la atrás das orelhas!)...

Ainda bem que a Mamãe interveio e salvou o dia, com algumas cançõezinhas do Balão Mágico e do Trem da Alegria (nossa época de criança): apesar de nem tão melódicas como as que eu houvera escolhido, pelo menos deram conta de entreter nossa filha de forma mais infantil até o soninho pegá-la de vez!

No dia seguinte, batata: corri para a prateleira de seu quartinho, como quem busca um livro mágico numa biblioteca especial, para ver se eu não tinha como encontrar uma saída mais "infantil" para aquela situação! Encontrei o DVD Galinha Pintadinha, ofertado de Natal pela Vovó, minha mãe, e ainda lacrado: era a chance de me preparar melhor para a "seresta" da noite! Afinal, uma vez que não cresci brincando de roda ou de adoleta, só conhecia de ouvir ao longe "clássicos" como A Barata, Indiozinhos, Coelhinho, Escravos de Jó, Sou pobre, pobre, pobre, dentre tantas outras que fazem mais parte do imaginário feminino infantil... Quando menino, não ligava muito para Música, não! Até tive disco da Xuxa (urgh), mas foi mais aquela coisa do "todo mundo tem..."! Minha formação musical veio mesmo na adolescência, com os LPs de meu avô: por isso o tom mais adulto que vinha agora à mente...

Noite seguinte, tudo pronto para o soninho e... "Gosto muito de você, Leãozinho, caminhando sob o sol...", de Caetano, "Dorme minha pequena Não vale a pena despertar Eu vou sair Por aí afora Atrás da aurora Mais serena" e "Uma pirueta Duas piruetas Bravo, bravo" do grande Chico, e até "Lá vai o meu trolinho Vai rodando de mansinho Pela estrada além Vai levando pro seu ninho Meu amor e o meu carinho Que eu não troco por ninguém Upa, upa, upa Cavalinho alazão" do sisudo aquarelista Ary Barroso deram as caras! Aí foi fácil surgir de Vinícius o que já deveria ter vindo na noite anterior: "Menininha, não cresça mais, não; Fique pequenininha na minha canção... Menininha, que graça é você: Uma coisinha assim
Começando a viver..."

– Melhorou muito: perfeito, Papai!

O mais engraçado foi que nem precisei recorrer a nenhuma clássica cantiga de ninar: minha mente, enfim, estava embalada na sintonia perfeita para o soninho de minha garotinha... E, o que era melhor, no tom exato...!

22 comentários on "Dorme, dorme, dorme..."

Mamãe disse...

E eu que apelei até para musiquinhas religiosas nessa viagem que é colocar nossa filhota pra dormir...rsrs. Desafinada como sou acabei ficando só no "lá-lá-lá" só mudando mesmo a melodia! Melhor pra ela que tem um paizão superafinado,de voz aveludada e sedutora que já teve até programa de rádio! Belíssimo e carinhoso post,Amor!Beijo

Marina Queiroz on 15 de janeiro de 2011 00:26 disse...

Lindo post, e como disse a Mamãe aí em cima, a filhota deve ter lindos sonhos com um Super pai tão afinado, carinhososo e amigo.
Te dou uma ideia, escreve aí no blog como é ser pai de menina. Topa?
Beijos na filhota

.Mone on 15 de janeiro de 2011 01:12 disse...

Estava precisando de umas mais calminhas mesmo, rssss.
A que minha mãe cantou para mim e minha irmã hoje cantamos para nossos filhos.
"Tarde, bem tarde;
Noite já alta;
Eu estou ainda pensando em você..."
Eles não dormem [rss], mas se acalmam bastante.
Queria te convidar para conhecer o meu blog de divulgação de sorteios.
http://sortesorteios.blogspot.com
Tem muitos sorteios legais, de maquiagem a Wii.

Mãe Mochileira,filho malinha.. on 15 de janeiro de 2011 16:10 disse...

Oi! Enzo sempre adorou musica para dormir..e gosta até hoje! e meu repertorio é bem variado..kkk..vai desde os "classicos" da minha época,possivelmente a mesma da tua..kkk..mas tambem passeia por reggae e mpb...rsrsrs..mas a preferida mesmo,desde bebezinho é Aquarela!!
tenta essa,e depois me conta?
beijos,bom finde!!

Mãe Mochileira,filho malinha.. on 15 de janeiro de 2011 16:20 disse...

eiiii,se minha rede furar vou achar que foi mandinga sua...kkkkkkkkkkk...olha, mais uma vez obrigada dE VERDADE pelo carinho do selo...mas normalmente não os publique,pois uma vez la no blog ja comentei q n me sinto bem em repassa-los so a alguns,e uma vez dediquei a todo mundo( e foi sincero!),e me julgaram de "quebradora de correntes",corta barato ,entre outras...kkkkkkkk
Mas ainda assim continuo amando e agradecendo os que recebo,como o seu,pois sei que são sinceros e fico mt agradecida..eu os posto no lado direto do blog,na barra lateral..e relamente me desculpe pois ainda n tinha colado o seu..vou reparar o erro ja..aceite minhas desculpas,ó vaaai! e tu n vai particpar do sorteio nãaooo??? se inscreve laaaa,oxeee!
:-P
bjsss!

Mãe Mochileira,filho malinha.. on 15 de janeiro de 2011 16:21 disse...

corrigindo o comentario anterior,digitei errado( dãaa) quis dizer:"..normalmente não os publicO.."
:-p

Juliana Ramos on 15 de janeiro de 2011 17:59 disse...

Por favor, me desculpe!!!
A Paula, que me presenteou com o selinho, nem te linkou, nem especificou as regras...

Mas a brincadeira não vai acabar, não. Consertarei o erro!!!

Obrigada pela visita!!!
Abraços

Cláudia Gimenes on 15 de janeiro de 2011 18:05 disse...

Adorei o post, até pq quem cantava em casa sempre era eu...rss

Eu nunca usei as letras. Pensava na música e cantarolava com hum hum hum no rítmo da música. Acalmava e eles dormiam rapidinho...rss

Conforme fui lendo seu post lembrei de uma música que eu gostava muito do Dorival Caymmi cantada pelo Roberto Carlos antes de ter filhos, pq no final ele canta 'boi boi boi, boi da cara preta' e acho horrííível essa música, assustadora. Chama-se Acalanto e é um pai que canta para a filha dormir.

É tão tarde
A manhã já vem
Todos dormem
A noite também
Só eu velo por você, meu bem
Dorme, anjo
O boi pega neném
Lá no céu deixam de cantar
Os anjinhos foram se deitar
Mamãezinha precisa descansar
Dorme, anjo
Papai vai te ninar
Boi, boi, boi
Boi da cara preta
Pega esta menina
Que tem medo de careta

Tem no yutube: http://www.youtube.com/watch?v=QIQiioTrFJE

Bom, eu cantarolava essa tbm, mesmo sendo mãe! kkk
E sem letra não assusta ngm, não é msm?!

Grande abraço,

Cláudia

Claudinha ੴ on 15 de janeiro de 2011 19:11 disse...

Olá papai! Me emocionei com o comentário anterior de minha Xará. Minha mãe cantava para mim esta música...
Olha, a gente procura as músicas que gosta, fica tentando, mas nossos filhos é que acabam nos levando à resposta certa. meu BB, dormia com meu pai ao som do Hino Nacional assobiado e palmadinhas no bumbum (!). Já comigo era cantarolando um minueto de Bach ou a Berceuse de Brahms (que ilustra o post). Minha menina teve a canção inventada por mim. De qualquer maneira, é um momento mágico e lindo e deve ser eternizado como você fez!
Um beijo pra você, Mamãe e neném!

Chris Ferreira on 15 de janeiro de 2011 22:57 disse...

Oi SP,
adorei o post e lembrei que o meu pai me colocava para dormir em uma versão adaptada por ele de uma música da escola naval, pode? Ele chamava de Menina Naval. Lembro até hoje do Ouve-so ao longe o andar candenciado ....
Mas sabe que eu adorava.
kkkkkk
Adorei a sua dedicação. Amanhã estarei postando o Super Selinho que amei receber.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Chris Ferreira on 16 de janeiro de 2011 10:57 disse...

Oi SP,
postei o selinho lá no blog. Muito obrigada mais uma vez.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Marina Queiroz on 16 de janeiro de 2011 12:52 disse...

Oi Sp
Poxa, participa lá do Sorteio, quem sabe a Mamãe não ganha este sabonete?
Acredite na sorte, rsrs. E o formulário é pequenino.
Olha, eu só consegui 2 parcerias até hoje. Uma foi com livros da editora Melhoramentos, pois tenho uma pessoa conhecida que me cedeu os livros para sorteio, e outra com a Loja La Roya, que vende produtos infantis.
Muitas vezes eles se interessam em realizar a parceria pois isso configura em uma propaganda bem mais barata para eles, não? Mas confesso que eu não tenho procurado muitas parcerias não.
O sorteio deste sabonete é por conta própria, uma forma de divulgar tb o meu blog.
Olha, vou mandar um presente para a Filha. É de coração. Envie seu endereço para o o meu e-mail que esta semana posto no correio.
marinasqueiroz@hotmail.com
Um abraço na família

PS: Obrigada pelo elogio ao meu blog. Nem é tão super assim, rsrs. O seu também é muito bom, suas crônicas são excelentes. Não deixe de postar.

Ana on 16 de janeiro de 2011 15:32 disse...

Olá Super Pai!
Vim através da Chris do Inventando com a Mamãe. Ganhei o seu selo dela e fiquei muito feliz.
Vou postar essa semana.
Adorei o seu blog, sua maneira de escrever.
Vou ter seguir.
Beijos!
http://baldedeareia.blogspot.com/

Carol M on 16 de janeiro de 2011 17:40 disse...

Olá!

Visitei sem comentar .. rsrs ..
Mas voltei pra deixar registrado que passei por aqui.
Lindo blog!

Bjinhos

Nathália on 16 de janeiro de 2011 22:59 disse...

SP.
Esse negocio de cantar é brabeira!! Eu num tenho muita criatividade, mas eu cantava pra ela: ♪ Encosta sua cabeçinha no meu ombro e DORME.. ♪ Daí eu vi que não resolvia muito e passei a cantar a musica de um dos comerciais favoritos, como eu já postei no meu blog, o comercial de doação de orgãos de 2010. Ela adooora: ♪ Meu ♥, não sei pq, bate feliz, qnd te vê...♪

VOLTO SEMPRE ;)
http://maefilhos.blogspot.com

Lilian Amorim on 17 de janeiro de 2011 13:10 disse...

Que post mais lindo!
Música marca demais... me lembrei do meu pai cantando pra mim "ô cosinha tão bonitinha do pai" rsrs
Quando o Davi nasceu, fui inventando um monte de musiquinha e acabei fazendo a adaptação de uma música religiosa. Cantava pra ele a todo instante e quando chegava na escola para buscá-lo cantarolando a musiquinha, ele abria um sorrisão lindo. Vc acredita que a música pegou? Esse dias encontrei com a mãe de uma aluna que diz que sempre antes de dormir ela canta "mamãe ama tanto, tanto, tanto, tanto" rsrs achei super fofo :)
Bjs

Beatriz Zogaib on 17 de janeiro de 2011 16:22 disse...

Super Pai...
Obrigada pela visitinha lá no meu blogue! Adorei conhecer o seu, de verdade. É um texto gostoso, algo que acresecnta, distrai, emociona, do jeito que gosto... Parabéns!
Eu só queria dizer que eu e meu filho amamamos o Cd canções de Ninar do Palavra Cantada. E que também inventamos bastante juntos... É mágico...
Abs,
Bia (vidadamami)

vovó disse...

Que linda essa fase que você está passando! Esse papel foi "sempre das mães" os pais ficavam sempre de fora nessas horas, de um modo geral. Imagino a sua dificuldade de lembrar músicas de ninar.
Eu cantei para vocês "Dorme filhinho...", inventava música com o nome de Jesus, cantarolei muito. Hoje você está de parabéns é um "paimãe". Concordo com a mamãe, com essa voz bonita que você tem e esse carinho, a pequenina logo dormirá.
Beijos da vovó e Dindinha.

Chris Ferreira on 18 de janeiro de 2011 00:22 disse...

Oi SP,
aquele selinho que deixei para você eu recebi da Sandra Portugal do Projetando Pessoas que recebeu do Marcos de Souza do blog O mundo sob o meu olhar. Não sei quem criou esse selinho mas achei a sua cara, né?
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Di on 19 de janeiro de 2011 21:04 disse...

hehehe Rebeca, minha filha, se acalma ouvindo legião urbana desde a barriga. Ja na gravidez me toquei do meu repertorio: legião, cazuza, capital inicial... Ai, a barriga ainda, declarei: é filha, vai ser duro ser filha de mãe com essa veia gotica depressiva... Vamos contar com seu pai pra animar nossas cantorias...

gostei daqui, estou te seguindo :)

Adriana B. disse...

que post mais fofo! a hora do soninho deve ser realmente muito gostosa, com papai e mamãe tão dedicados...
parabéns, adorei a trilha sonora da pequena Princesinha!!

bjos

gisele.artes on 23 de janeiro de 2011 15:37 disse...

Oi acabei de receber um selo criado por vc! Adorei conhecer seu blog! Abarços, gisele

Seguidores

 

Diários do Papai Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez